domingo, 6 de setembro de 2009

Sob a luz de um anoitecer dominical



Em busca de sonhos, divagando, tentando avançar realidades ou me livrar delas... Tomando atitudes utópicas, mesmo que muito bonitas com relação ao meu futuro, acabei por escorregar.

Felizmente agora eu já vi que os finos trilhos da vida só nos dão espaço pra um passo de cada vez. E que seja bem dado.

Firme. Coerente.

Indecisão: coisa que - quase - não existe mais.

Deu lugar à determinação. E à felicidade.







Determinação de um Rei de Ouros; o "Diamante Bruto".

Disfarçada e disfarçando a

Felicidade dos que veem um curinga, um palhaço, um pierrot.

5 comentários:

Fiiilipe Reeis disse...

você escreve beem pakas

Helena de Tróia disse...

Ah, imagina, obrigada pelo elogio.

Li um pouco do seu blog...gostei pra caramba desse último post e não foi ele o primeiro que li, juro. hahahha.

Espero que volte mais vezes.
Beijos

contador de histórias disse...

insegurança é mesmo inoportuna...
mas é preciso saber como funciona, pois ela é parente da instabilidade, e a vida é um eterno ir e vir... assim temos um chão... não tão firme qto gostariamos, pois a indecisão - quase - sempre vai existir...
ótimo post!

inspirador!

Sascha Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sascha Rodrigues disse...

Creio que a vida também seja um trilho, mas é etreito e sobre um lago profundo.
Decisões certas salvam vidas, a própria e a dos outros.

mta