quinta-feira, 31 de março de 2011

Here Comes The Sun.



_Quero te contar uma coisa...

_O quê?

_Não é nada demais.

_Pois então, conte!

_Esse ar, essa música, esses versos perdidos dentro de mim... Eu tenho muita informação, muitas combinações de cores, figuras, palavras, muito de mim com o que eu não sei o que fazer. E eu tenho uma vontade louca, meio descabida, meio inexplicável, meio maior que eu; vontade de ver seu rosto todos os dias quando eu acordar, de te abraçar e fazer carinho no seu cabelo quando estivermos juntos no sofá assistindo televisão. Mas é uma vontade incompleta e eu preciso da sua vontade junto da minha. Você quer?

_Se eu quero o quê? - e seus olhos já lacrimejavam, embora inibidos.

_Casar-se... - engasgou, mas respirou fundo e continuou - comigo!... Você aceita se casar comigo?


Eu juraria que, embora pareça impossível, uma nuvem apertou-se com a do lado e deixou aparecer uma réstia de céu azul. Só por um momento, os raios do sol desceram pelo minúsculo buraco e irradiaram calor no meio daquela felicidade; um pequeno momento, quase imperceptível, mas que coroou aquele sim inesquecível.

11 comentários:

Augustto disse...

Ai, Fernando... Amei!
Quero poder falar isso um dia pra alguém...
Amei mesmo!!!

Anônimo disse...

Inspirado, heim!!!!!
Bacana demais!!!!!
Parabéns!!!
Henrique-MSN

Cyntia Nogueira disse...

Coisa mais linda...

Parabéns!!

Cyntia Nogueira disse...

Coisa Linda!!

Parabéns, moço...

Leandro Rodrigues disse...

É realmente necessário comentar?

Monique Burigo Marin disse...

Também quero te contar uma coisa: Sua sensibilidade é comovente. Adorei!

Tamis disse...

Morri... =~)

Tamis disse...

Morri... =~)

Fernand's disse...

a felicidade em raios...



bjsmeus

Jaci Macedo disse...

Coisas simples são as mais bonitas.
beijo, coração.

Ana Luisa disse...

ai meu coração ficou até apretadinho aki!
Lindo Fer!!!