domingo, 14 de novembro de 2010

Some secrets can't be hidden.



Era cada parte daquela réstia de vida que perdia pelos cantos.
E cantava velhas notas que rimava em versos brancos.
Escondia toda a tristeza que queria expor aos prantos.
E trazia o cartaz sorridente que escolhera em meio a tantos.

2 comentários:

Jaci Macedo disse...

Já dizia Chaplin: "sorrir, quando a dor te torturar e a saudade atormentar os teus dias tristonhos, vazios".

beijos, coração.

Monique Burigo Marin disse...

Já estava com saudades!